Ir para o conteúdo

Instituto de Previdência dos Servidores Públicos do Município de Várzea da Palma e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
CIDADÃO
EMPRESA
SERVIDOR
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
SET
27
27 SET 2017
1384 visualizações
Entrevista com o Prefeito Eduardo Monteiro
enviar para um amigo
receba notícias
  •  ECONOMIA – CRISE FINANCEIRA
    Como é do conhecimento de toda população, a mídia está mostrando a todo momento a situação que o Brasil se encontra e Várzea da Palma não é diferente.O Município está vivendo uma das piores crises financeiras com a queda dos repasses. Nossa gestão vem desde o início do ano reduzindo custos ,fazendo adequações, devido a queda da receita.
    O Município vive de três receitas, o FPM , recurso que vem da União diretamente ligado ao crescimento do país , quando o país não cresce ,não gera renda , o recurso tende a diminuir e a segunda renda é o ICMS ligado diretamente às questões financeiras, econômicas do Município.
    De 2015 a 2016, Várzea da Palma entrou numa situação crítica com a perda de empregos devido o fechamento de indústrias, e também com a crise no comércio. Todo comerciante sabe o que aconteceu com as atividades econômicas de nosso Município nesses dois anos e que está refletindo agora nos repasses. No início do ano já tinha sido informado que as nossas atividades econômicas do Município de Várzea da Palma tinham caído em grande número , mas a gente sempre tinha uma esperança que alguma coisa ia melhorar. Nesta arrecadação nosso Município começou a ter uma perda de 3 a 4% por mês a partir de janeiro, só que em Julho a gente foi surpreendido com uma queda de 25%. Isso em números, para as pessoas que não sabem , significa uma média de R$240.000,00 a menos que o Município está recebendo de ICMS, que era uma verba que o Município tinha e toda vida foi uma verba diferenciada dos outros municípios , pelas atividades econômicas do nosso Município serem bem ativas. Infelizmente com a crise econômica que assolou o país , Várzea da Palma passou a perder muito esse dinheiro. Como se não bastasse , foi consolidada uma dívida de 11milhões do INSS de administração passada de 2012 e também foi debitada na conta do município uma parcela de 70mil reais de INSS, e isso vai durar nos próximos vinte anos.
    No mês de julho a gente foi surpreendido com a queda de aproximadamente 300mil reais , e isso significa quase 20% do valor da nossa folha de pagamento, e tributos e ISS continuam da mesma forma,então a gente tem que tomar algumas medidas para fazer ajustes no município.

 

  • MEDIDAS A SEREM TOMADAS PARA MANTER OS SERVIÇOS

Quem tem acompanhado a nossa administração tem visto que desde o princípio do ano que a gente já vem fazendo os ajustes com redução de aluguéis , demos um choque na folha de pagamento , cortando muitas horas extras , cortamos gratificações , fizemos realmente um ajuste na folha só que esses ajustes ainda não foram suficientes para cobrir o débito do município então estamos trabalhando de forma a não prejudicar a população, manter os mesmos serviços e a preocupação maior hoje do município é arcar com a folha de pagamento.Tivemos problema no mês passado e estamos muito preocupados para não prejudicar essa folha.

  • MATERNIDADE – BLOCO CIRÚRGICO

Há muito tempo vem sendo feito um estudo sobre a maternidade , sobre a transferência , o remanejamento das gestantes para Pirapora.É uma maternidade extremamente ociosa , onde realiza 30 partos por mês com um custo altíssimo. O município não tem mais condições de manter a maternidade com a queda dos repasses, a gente veio mantendo por ser uma maternidade muito boa, excelentes profissionais, mas infelizmente com a perda de arrecadação não conseguimos mais sustentar a maternidade. Mas não vamos simplesmente fechar e deixar as gestantes à mercê. Muito pelo contrário , a maternidade de Pirapora como todos sabem é referência na nossa microrregião. A secretária de saúde visitou a maternidade, entrou em contato com a direção da fundação, fechou essa parceria entre Várzea da Palma e a fundação para a realização dos partos.
As pessoas acham que é simplesmente parar os serviços, não foi simplesmente isso , vai ser mudado o serviço mas ser oferecida uma qualidade e uma segurança muito maior.

Nenhuma crise por pior que fosse nos faria deixar as gestantes ou quem quer que fosse à mercê do própria sorte, isso jamais vai acontecer em minha gestão. O que estamos fazendo em razão das atuais circunstâncias financeiras nos obriga a fazer entre outras coisas, é remanejar um determinado serviço para que seja feito em um outro lugar mas que esse serviço seja feito com toda qualidade, com toda eficiência e com a devida tecnologia que o serviço exige. A cidade de Pirapora atualmente é referência em vários serviços médicos principalmente os de gestantes em particular. Muitas pessoas daqui de Várzea da Palma já fazem há bastante tempo esse tipo de serviço em Pirapora exatamente pela qualidade do serviço. Pirapora possui hoje uma das melhores U.T.I Neonatal e U.T.I para adultos de nossa região. A partir de 1 de setembro de 2017, o Pronto Socorro terá 2 ( dois) médicos para atender 24 horas ininterruptamente. As gestantes vão procurar o Pronto Atendimento, vão ser atendidas e em seguida serão encaminhadas para Pirapora. Nessa parte do encaminhamento, nós também vamos oferecer todo o suporte necessário da ambulância para levar essa paciente gestante até Pirapora e assim que a mesma for devidamente atendida, será trazida de volta para Várzea da Palma com toda segurança e cuidados necessários.Essa mudança no atendimento às gestantes, na verdade, vai trazer muito mais qualidade e segurança com as gestantes varzeapalmenses.

  • CUSTO FINANCEIRO DA MATERNIDADE FUNCIONANDO EM VÁRZEA DA PALMA.

Várzea da Palma recebe atualmente por mês uma verba de R$33.000,00 ( trinta e três mil reais) do SUS ( Sistema Único de Saúde) especificamente para o custeio dos serviços com as gestantes. O que nós gastamos mês a mês somente com os serviços das gestantes em geral de nossa cidade, é de aproximadamente R$150.000,00 ( cento e cinquenta mil reais). Se não tomássemos essa providência hoje de transferir para Pirapora os serviços para com nossas gestantes, a diferença que é exorbitante comparando o que se arrecada com o que se gasta, iria em um curto espaço de tempo sobrecarregar o município com dívidas de uma tal forma até se tornar impraticável a continuação dos serviços feitos por parte da nossa maternidade. Então nós tivemos que tomar essa providência exatamente para não acontecer o pior lá na frente.

  • AJUSTES EM OUTRAS SECRETARIAS E NO QUADRO DE FUNCIONÁRIOS DO MUNICÍPIO

Todas as medidas que nós já tomamos e outras que certamente teremos que fazer, é em função da queda drástica nas arrecadações que o município vem sofrendo. Para melhor exemplificar a nossa realidade atual, vou citar apenas uma das muitas situações de desconforto financeiro que estamos enfrentando há muito tempo. O Governo Estadual de 2013 até os dias atuais, deixou de repassar R$3.000.000,00 ( três milhões de reais) para a prefeitura. Esse montante está fazendo muita falta de maneira que o município não está aguentando mais manter certas despesas somente com recursos próprios do município. Estamos sendo obrigados a fazer os ajustes e redução de gastos em uma grande parte da engrenagem do nosso governo. Isso inclui encerramentos de alguns contratos e serviços que no momento e de acordo com a nossa realidade financeira, temos que fazer. Quero deixar bem claro que todos os ajustes que temos de fazer, não é de maneira nenhuma por nossa vontade própria, mas sim, exclusivamente e unicamente, devido às potentes quedas nas arrecadações que estamos vivenciando desde 2014 .

  • FOLHA DE PAGAMENTO, SAÚDE, EDUCAÇÃO E LIMPEZA URBANA, PRINCIPAIS PRIORIDADES DA ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL DE AGORA EM DIANTE .

Quando se enfrenta uma crise econômica das proporções da que estamos passando agora, não existe outro remédio senão adequar as despesas do município em conformidade com a realidade do que se arrecada. Não existe outra solução possível no momento em administrar o município que não seja a de tomar medidas ainda que sejam impopulares, mas que são as únicas opções que nos restam nesse momento tão difícil que nos obriga a recuar de vários projetos que tínhamos principalmente com relação a obras públicas. Queremos e acreditamos que essa situação de crise econômica no país passe o mais rápido possível e que muito em breve com as arrecadações do município normalizadas, possamos retornar com todos os nossos projetos que são extremamentes necessários e importantes para Várzea da Palma. Falando em projetos importantes, eu quero aqui mais uma vez reforçar sobre o nosso projeto das 400 casas populares nível 1 que serão construídas no Bairro Nova Esperança. Essas casas quando prontas serão entregues a quem de direito que se enquadrarem perfeitamente dentro das normas técnicas de propriedade, ou seja, somente pessoas de baixa renda comprovada em documentação, terão direito de posse desse empreendimento, cujo empreendimento depende do Ministério das Cidades, conforme já disse na inauguração do Campo Municipal de Futebol Nova Esperança e volto a repetir, o valor da parcela de pagamento dessas casas será apenas R$80,00 ( oitenta reais) por mês. Algumas aprovações desse projeto já foram efetivadas de maneira que só faltam alguns ajustes que com toda certeza e mediante todo o nosso empenho, muito em breve esse sonho assim como muitos outros em minha administração, também se transformarão em realidade para centenas de varzeapalmenses que ainda não tém casa própria. Para finalizar essa entrevista de hoje, quero salientar a todos os varzeapalmenses que de agora em diante depois de ter explanado com bastante ênfase sobre a crise econômica nas arrecadações que Várzea da Palma está passando no momento, eu vou direcionar o meu governo por enquanto somente nas prioridades máximas que são a FOLHA DE PAGAMENTO, SAÚDE, EDUCAÇÃO E LIMPEZA PÚBLICA. Um grande braço a todos.