Ir para o conteúdo

Instituto de Previdência dos Servidores Públicos do Município de Várzea da Palma e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
CIDADÃO
EMPRESA
SERVIDOR
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
SET
27
27 SET 2017
1380 visualizações
Secretaria de Saúde de Várzea da Palma desenvolvendo atividades de combate ao tabagismo
enviar para um amigo
receba notícias

Em alusão ao Dia Mundial de Combate ao Tabagismo , foram desenvolvidas ações contra esse problema comum e que causa danos à saúde pública. São muitos os profissionais da saúde empenhados nesta campanha , fortalecendo e consolidando a política antitabagismo . Prestando um grande suporte à Secretaria de Saúde na pessoa de Viviane Gonçalves e Ana Carolina Albano, estavam as grandes colaboradoras Angelina Maria (CAPS) e Nelma Margareth(Saúde) . Parceria também com a Secretaria de Educação, Unidades Básicas de Saúde ,CAPS , Assistência Social. O evento aconteceu no Clube Operário em 29 de agosto 2017 e contou com a presença de 40 pessoas , e ainda vários profissionais da saúde , enfermeiras , técnicas em enfermagem, Patrícia de Castro oficineira do CAPS , Ednalva Silva Presidente do Conselho Municipal de Assistência Social , dentre outros.


“Nessa campanha, nós estamos alertando toda população sobre os prejuízos causados pelo uso do cigarro. As pessoas que desejam se livrar do vício deverão fazer inscrição na Unidade de Saúde “Rodopiano Aranha” para que sejam formados os chamados Grupos de Tabagismo em cujos encontros os pacientes contarão com multiprofissionais da área da saúde, sendo que durante os encontros acontecem rodas de conversa e discussões para tentar resolver a questão de cada um da melhor forma possível” – destacou em sua fala de abertura do evento a Superintendente de Atenção e Promoção à Saúde a enfermeira Ana Carolina Albano.


O evento denominado “ Oficina de Combate ao Fumo-Escolher não fumar” , contou com a projeção de um vídeo educativo e motivacional apresentado por Dr. Antônio Drauzio Varella , médico, cientista e escritor brasileiro, conhecido por popularizar a informação médica no Brasil através de rádio, TV e pela Internet . Também a valiosa participação do médico especialista em saúde mental , Dr. Alysson Moraes (CAPS), enriqueceu muito o evento, tendo proferido uma palestra abordando as dificuldades e ansiedades das pessoas que se esforçam em abandonar o vício, alertando quanto aos malefícios e se dispondo a colaborar com a campanha.


Tendo em vista que os pacientes que integram os Grupos de Tabagismo recebem um kit de medicamentos para auxiliar no tratamento, a enfermeira Renata fez uma observação muito importante quando afirmou que “as pessoas ficam muito focadas na medicação que realmente ajuda , mas de tudo , o mais importante é a FORÇA DE VONTADE” . Na roda de conversa houve vários depoimentos, dentre eles o do senhor Jair Ferreira da Silva, Ministro da Eucaristia que agradeceu a Deus por ter se livrado do uso de bebidas alcóolicas e outras drogas, afirmando ter sofrido bastante e não tinha vontade de parar, a situação só foi agravando, tornando-se incontrolável, chegando a ter perdas morais e materiais. Quando se conscientizou que tinha que abandonar os vícios, enfrentou dificuldades, mas conseguiu com as graças de Deus e o apoio da família e amigos. Foi um depoimento de agradecimento e ao mesmo tempo de incentivo.


Antes de finalizar o evento o escritor, presidente do Clube Operário, membro da ACLAV , Pedro de Oliveira , pediu permissão para ler uma história constante do seu livro FOLHAS DE OUTONO, que consiste em uma coletânea de contos e pequenas histórias, vividas e presenciadas pelo próprio autor, tendo feito a leitura da história “O frango e o vício” , que relata algumas recordações de sua infância, dentre elas, que com apenas 10 anos de idade fumava bituca de cigarros com os colegas e como tinha um frango de estimação criado dentro de casa, devido ao sumiço do frango, fez a promessa de nunca mais colocar cigarro na boca se o frango aparecesse. Para tristeza dele o frango não apareceu , mas a promessa foi cumprida , e o frango na verdade não desapareceu simplesmente , era um frango fácil de pegar , tendo ido para a panela, por meio de seu irmão Paulo.Além de contar a história , Pedro também se manifestou em colaborar, disponibilizando as dependências do Clube para a realização de eventos desta